Sou muito a favor dos cidadãos nas ruas, reivindicando os seus direitos ou cobrando providências.

Mas marcha da maconha, da liberdade, das vadias?

Estas marchas atuais, provavelmente têm o seu lado legítimo, mas não estão no topo da minha lista.

Que tal marchar por algo mais sério primeiro?

Me chamem para marchar pela segurança, contra a corrupção, ou qualquer outro motivo mais importante.

Registro aqui, a minha opinião.

(foto de Patrick Szymshek)