No começo do ano (2014), eu precisei atravessar a Rodovia Rio-Santos, com meu filho e sobrinhos (crianças de 8 a 12 anos).
Porque havia uma cachoeira do outro lado da estrada, de onde estávamos hospedados.
Não havia passarela ou outro meio de atravessar, pelo menos nenhuma a quilômetros dali.
Aguardei o melhor momento para atravessar, mas no final da travessia, um veí­culo apareceu e descendo em alta velocidade.
Apenas para descrever, o veículo era um Fiat Pálio, com um casal aparentando seus 30 anos.
O motorista nos avistou de longe, todos juntos, correndo de mãos dadas e continuou em alta velocidade (cerca de 80 a 100 km/h). E ao se aproximar, passou buzinando!
Me perguntei na hora, que tipo de ser humano vê crianças atravessando (correndo) e continua com o pé fundo no acelerador, ao invés de reduzir a velocidade?
Este vídeo me fez lembrar daquele motorista irresponsável, com quem cruzamos neste feriadão de ano-novo.

via Youpix